Um mito difundido na odontologia é o de que quanto maior a rotação das peças de mão, melhor é a turbina. Na realidade, quanto maior a potência, melhor a turbina. A rotação máxima não significa maior eficiência de remoção ou corte de material. Por outro lado, uma potência maior melhora a precisão e aumenta a velocidade do trabalho.

Quanto maior a potência, maior a remoção de material no mesmo espaço de tempo, reduzindo a necessidade de aliviar a pressão sobre a broca para recuperar o giro. Portanto, fique atento! Ao escolher sua turbina observe a Potência (W) e não a velocidade (RPM). Veja o exemplo:

kavo_DO_Blog_post_rotaXpotencia_B

Artigo anterior

Inspire-se com dicas para decorar o seu consultório

Próximo artigo

Como ser um doador de dentes

Diarioodonto2014

Diarioodonto2014

Não há comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>